A Música ferveu.

Quando a música se funde com o calor que esta terra emana. Poucos sítios em Portugal – e arrisco-me a dizer no Mundo – poderão recriar esta experiência na qual tive o prazer de participar dia 16 de Março na 3ª edição do Festival Tremor. Fazendo parte dos quatro primeiros dias do festival, a sessão Tremor na Estufa “convida o público a embarcar numa viagem surpresa e a descobrir nova música e lugares de São Miguel”.

Nesta sessão em particular, a organização avisou os festivaleiros para trazerem toalha, chinelos e fato de banho o que, automaticamente, elevou a fasquia. Sendo o ponto de encontro o posto de turismo na marginal de Ponta Delgada, a organização providenciou transporte para o dito local surpresa e lá conduziu os presentes que se encontravam no local à hora combinada.

tremor ferraria

(Foto: Nuno Gervásio)

Pois bem, uma imagem já consegue descrever grande parte do sucedido. O destino surpresa foi a Ferraria. Para quem não conhece, a ponta da Ferraria é um dos locais micaelenses afetado fenómeno de vulcanismo secundário que, neste caso, parte desta zona foi aproveitada para a construção de um Spa Termal.

Trajados a rigor, o público imergiu nas águas quentes  e foi massajado pelas ondas sonoras do concerto que acontecia a 5 metros da piscina num ambiente intimísta que devia contar com uma centena e meia de pessoas. Este foi sem dúvida um dos pontos altos deste festival, que espelha bem o potencial da região para realizar eventos diferentes com conceitos ainda pouco explorados. A aliança entre a natureza e a música esteve bem patente nesta sessão noturna trazendo um misto de sensações de euforia e relaxamento dificilmente recriável noutro ambiente.

É de louvar esta iniciativa que rasga o puro conceito de festival – um palco e grades a separar o público dos músicos – e que, sem dúvida, mostra ao Mundo o que a região tem para oferecer. Refira-se igualmente o incansável trabalho por parte da organização nas redes sociais que tem um papel importante no que diz respeito à adesão do público, não esquecendo também o acompanhamento que a Antena 3 tem feito diariamente ao evento, divulgando todos os seus destaques.

Durante o restante festival pode assistir-se ainda a concertos dentro de lojas, quartos de hotel, pequenos bares e outros tipos de recantos que fazem quebrar todas as distâncias que possam existir entre o público e os artistas.

Para o ano, se possível, eu volto.

AC.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s